A empresa americana SpaceX não disfarça suas ambições marcianas. Embora no momento seus contratos com a NASA se resumam a transportar carga e — a partir de 2017 — tripulações à Estação Espacial Internacional, a companhia diz estar desenvolvendo uma arquitetura para levar a humanidade de vez ao planeta vermelho. E, enquanto isso não acontece, ela não hesita em nos provocar, divulgando, em sua conta no Flickr três pôsteres retrofuturistas de turismo marciano!

11128099_10155971140350131_6205498140614268126_o 10000985_10155971140175131_8338799996540189534_o11266702_10155971140795131_1476991072227791067_oUm dos pôsteres se dedica a divulgar as maravilhas do Valles Marineris, um desfiladeiro enorme que recorta a superfície marciana. O texto diz: “Descubra o Valles Marineris, terra das crateras e dos abismos marcianos.” O estilo retrô é maravilhoso e acerta na mosca ao transmitir a ideia de que Marte é um mundo, cheio de lugares diferentes a serem visitados.

O segundo deles se concentra nas duas luas marcianas, Fobos e Deimos. Elas não passam de pedregulhos de forma irregular com poucos quilômetros de diâmetro, mas dão toda pinta de que serão o primeiro ponto de parada numa expedição humana ao planeta vermelho. O cartaz diz: “Fobos e Deimos: Faça um cruzeiro da era espacial a bordo das luas de Marte.”

As cenas, supostamente endossadas pela “Associação de Turismo e Colonização de Marte”, lembram o visual que a ficção científica tinha nos anos 1950, quando a conquista do espaço ainda não havia se consumado. Sendo completamente honesto, essas cenas não são mais realistas agora do que eram antes do Sputnik. Ainda assim, quem acompanha o setor espacial sabe que mudanças radicais estão logo ali na esquina. A SpaceX, com seus designs de foguetes e espaçonaves confiáveis e reutilizáveis, está na fronteira dessa transformação. Quem sabe em mais 50 anos essas cenas não se tornam realidade? O que você acha?

(Fonte: Folha de S.Paulo)